Enclausuramento com portas industriais: 5 dicas para não errar

Enclausuramento é o fechamento de áreas dentro de uma zona de produção de indústrias de forma a evitar a entrada ou saída de elementos que podem prejudicar o ambiente, os produtos em processo de produção ou as pessoas que por ele circulam.

O enclausuramento de ambientes industriais se mostra como uma necessidade por diversas razões. Você pode estar em busca de reduzir o ruído, evitar entrada de calor em ambientes que necessitam controle de temperatura, precisa evitar que a poeira se espalhe… Para qualquer um destes problemas a serem controlados, existe um tipo de porta específica.

Muitos profissionais de manutenção ou mesmo as equipes de compras das indústrias às vezes sequer consideram portas industriais nestas situações. Dependendo da demanda, elas são opções mais duráveis e até com melhor relação custo benefício do que outras soluções que podem exigir obras e mesmo colocar em risco a segurança dos seus colaboradores.

Elaboramos as 5 dicas a seguir para ajudar você a entender os benefícios desta solução. Confira!

  • Enclausuramento depende do fluxo no local

Para determinar a melhor solução em porta automática para enclausurar ou isolar um ambiente industrial. Você deve entender como funciona o fluxo dos veículos industriais e pessoas no local.

O ideal seria separar o fluxo dos veículos e pessoal. Caso isso não seja possível, os cuidados com dispositivos de proteção e segurança devem ser redobrados.    

As Portas automáticas podem ter diversos dispositivos de proteção e segurança como:

  • sensores de contramarcha;
  • sinalizadores sonoros e visuais;
  • placas de identificação.
  • Enclausuramento pode variar de acordo com o número de abertura por dia

Saber quantas vezes a porta automática vai abrir por dia é fundamental. Pois com essa informação será possível dimensionar alguns componentes da porta como motor, acionamentos elétricos, etc.

É importante identificar qual velocidade de abertura mais indicado para o local. Pois existem portas automáticas de abertura rápida com diferentes velocidades. Algumas vezes somos levados a pensar que quanto mais rápido melhor, mas nem sempre é assim.

Existe uma relação entre o tempo de movimentação dos materiais e a velocidade de abertura da porta, locais menores, com cargas maiores podem requerem uma velocidade um pouco mais baixa para garantir a segurança da operação.

Também existe a possibilidade de combinar sistemas de proteção para evitar colisões e danos a estrutura das portas.

  • Enclausuramento varia de acordo com o tipo de ambiente

É importante identificar se o vão tem incidência de ventos externos, ou se há um insuflamento de ar para dentro da fábrica e quanto é essa pressão e se isso pode afetar o funcionamento da porta.

Outro ponto são os agentes físicos ou químicos que podem gerar desgaste ou corrosão, para com isso selecionar os materiais mais indicados na fabricação da porta e eventualmente ser utilizado aço inox ou algum tratamento de superfície que garanta uma durabilidade satisfatória.

  • Enclausuramento de acordo com a condutividade térmica dos materiais.

Este tópico está mais relacionado aos ambientes alimentícios e frigoríficos onde são utilizadas portas convencionais de isopainel tipo giratória ou seccionais.

Os clientes frequentemente nos perguntam:“Qual o coeficiente de condutividade térmica da lona da porta?”. É claro que esse dado importante, mas mais importante é garantir que a porta permaneça fechada o maior tempo possível e seja aberta somente na hora que a mercadoria precisar passar.

Para isso é necessário selecionar os dispositivos de acionamento mais indicados a sua operação.

  • Na aquisição de uma porta automática exija que o fornecedor faça treinamento com todos os usuários da porta. Explicando seu funcionamento e entregando um manual de uso.

Exija que o fornecedor faça um treinamento com o seu pessoal de manutenção. Para que a sua equipe seja capaz de fazer um diagnóstico e possa intervir em alguns pontos de funcionamento e você não fique refém do fornecedor

Se for possível faça o plano de manutenção preventiva periódico. Isso pode ser feito com sua equipe própria ou com empresas especializadas.

Leia nosso material que fizemos especialmente sobre a aplicação de Portas Rápidas em moegas.

Share Button