12 cuidados com seu veículo nesse verão

Cuidados com seu veículo nesse verão são indispensáveis. Pensando nisso a SEBRAS fez esse post sobre alguns pontos básicos para atentarmos para esse calor excessivo. O veículo vira uma panela no fogo alto nessas condições e o interior chega a ficar ao menos 10ºC mais quente do que a temperatura externa. Problemas graves podem ser evitados se alguns cuidados com seu veículo ensinados aqui forem seguidos.

E cuidados com seu veículo vai significar bem mais que apenas retorno estético. Os estragos no interior e exterior por conta da exposição ao sol podem representar uma depreciação grande no valor do veículo.

Por exemplo, se o carro ficar parado com os vidros fechados e exposto por 20 minutos ao sol, em uma temperatura ambiente de 35ºC, a média no interior chega a 65ºC. Se o tempo de exposição for de 5 minutos, serão ao menos 10ºC a mais do que está no ambiente externo. Se a pintura do carro for de cor escura, a tendência é de aumentar ainda mais a temperatura. E com isso, painel, volante, puxadores tendem a adquirir aspecto ressecado e podem trincar.

Na parte externa, a pintura e borrachas de fixação dos vidros são as mais afetadas. O carro acaba ganhando manchas ou partes queimadas e as borrachas ressecam, gerando furos e rachaduras e permitindo entrada de água em caso de chuva. Há também a precaução com o sistema de refrigeração do carro, com checagem rotineira no indicador de temperatura do motor e o nível da água do radiador. Para quem tem ar-condicionado, há também dicas a seguir.

Listamos 12 dicas que ajudarão você a ter cuidados com seu veículo durante o verão:
1 – Proteger o para-brisa

O tapa sol é uma das soluções mais baratas para evitar que o seu carro vire um forno. Feito com material que bloqueia os raios solares (dupla face, uma de PET-Alumínio e a outra em polietileno com bolhas de ar).

2 – Cuidar bem da pintura

A pintura pode ficar muito danificada caso o carro passe por uma situação de grande amplitude térmica (algo comum em cidades com chuva de verão). No verão, especificamente, esse cenário pode reduzir a vida útil da tinta do veículo, causando manchas e até mesmo rachaduras na pintura da carroceria.

3 – Proteger o carro

Nem sempre é possível parar o carro em uma sombra, e se não houver garagem coberta onde geralmente o carro passa boa parte do dia, a exposição é maior a sol e chuva. Neste caso, a capa protetora é necessária, tanto para evitar os raios U.V. como para garantir que riscos não sejam causados na lataria. Existe capa para carros extra grandes, grandes, médios e pequenos.

4 – Proteger os bancos

O estofamento sofre bastante com as altas temperaturas e os raios do sol. No caso de banco de couro, os danos chegam a ser maiores e há risco até de queimaduras dos passageiros. O mercado evoluiu bastante e os fornecedores produzem capas que se moldam perfeitamente aos bancos e ainda protegem os bancos originais de raios U.V.

Verão significa sol forte e muito calor. Apesar de ser um  simbolo de diversão para muitos é preciso ficar atento com o seu veículo.
5 – Troca de ar interno

Mesmo com capa protetora do carro ou tapa sol é indicado que logo ao abrir as portas do carro após a exposição solar, deixe o ar externo circular no interior e mantenha pelo menos uma porta aberta por 1 a 2 minutos. Depois disso entre no veículo.

6 – Atenção com o ar-condicionado

Procure não ligar imediatamente o equipamento, abra as janelas e permita a troca de ar com o carro em movimento ao menos por dois quarteirões. Se o interior estiver muito quente, ande com os vidros abertos e ligue o ar. Lembre-se que a temperatura não diminui instantaneamente e se for andar curta distância, mantenha os vidros abertos em vez de ligar o ar-condicionado. Para evitar choque térmico é recomendado desligar o ar pouco antes de você chegar ao destino e equilibrar a temperatura interna e externa. Mantenha a manutenção desse item em dia.

7 – Cuidados com seu veículo ao lavá-lo

Em dia quente, ensolarado, não lave o carro sob o sol. Raios causam desgaste na pintura e com o uso de produtos químicos esse processo se acelera e manchas podem surgir. Também espere que a carroceria e/ou motor estejam frios para jogar água. O uso de cera para polimento cria uma película protetora e é sempre indicado, além de dar brilho. Alguns produtos possuem partículas que ajudam cores mais escuras.

Os cuidados com seu veículo no verão são essenciais, ainda mais no nosso país que tem temperaturas fortíssimas e onde aproveitar os dias de sol na praia é algo bem comum.
8 – Olho na temperatura do motor

O indicador de temperatura do motor é fundamental para não ter problemas graves. Alguns carros têm apenas um sinal luminoso para informar se o motor está muito quente. No caso dessa luz acender ou o ponteiro chegar perto do ponto vermelho, é necessário parar o veículo e desligá-lo para evitar danos no cabeçote ou juntas.

Caso o carro ferva, é preciso aguardar o motor resfriar, e em hipótese alguma tente abrir o reservatório de água, pois há risco grande de queimadura. Quando o motor estiver frio, tente completar com água para chegar ao destino, mas se houver grande distância a percorrer o ideal é chamar um profissional especializado.

Não deixe de conferir também o nível da água do radiador e use sempre aditivo. Caso precise completar, tente usar água de poços artesianos, que possuem menos minerais e cloro. Essas substâncias podem atrapalhar o funcionamento do sistema de arrefecimento com o tempo.

9 – Calibragem dos pneus

Em dias quentes, o atrito da borracha contra o solo é mais intenso. Assim, tenha atenção para manter os pneus sempre calibrados e verifique-os ao menos uma vez por semana. Para saber a pressão correta, confira o que a montadora do seu carro recomenda. Tente calibrar os pneus pela manhã, antes do veículo ter percorrido distâncias superiores a 10 km. O calor aumenta a pressão e você não terá um resultado eficaz. Manter os pneus em dia ajuda na economia do consumo de combustível.

Os itens que merecem maior atenção nessa época são estofamento, plásticos, chaparia, pintura e borrachas.
10 – Evitar a maresia

A maresia é um fenômeno que afeta vários dispositivos mantidos próximos ao mar. Como nesses locais a temperatura é tão alta quanto os indicadores de umidade do ar. Isso é uma ameaça grave para aparelhos com peças metálicas. Pois apresentam um grau de ferrugem mais elevado quando comparamos com o de plástico, borracha e orgânicos.

11 – Cuide das borrachas do veículo

As borrachas de vedação são cruciais para garantir o conforto do motorista e dos passageiros dentro de um veículo. Mas, em locais com grande amplitude térmica ou altas temperaturas, elas podem ficar ressacadas facilmente. Quando isso ocorre, basta uma chuva para que os ocupantes do automóvel tenham que enfrentar infiltrações e goteiras.

12 – Evite locais perigosos

Enchentes podem ser fatais para um veículo. Contato com uma grande quantidade de água, partes elétricas podem apresentar curto-circuito, algo que pode impedir o uso do automóvel. Diante disso, chuvas capazes de gerar alagamentos podem se tornar rapidamente o maior inimigo de um carro.

Sempre que uma chuva de verão ocorrer, evite pontos com histórico de alagamento. Não tenha medo de recuar caso uma via comece a ficar com uma enxurrada forte. Assim, você garantirá simultaneamente a sua segurança e a segurança do seu carro.

Share Button

DESCUBRA A PORTA IDEAL PARA SUA EMPRESA

  • passo 1
  • passo 2

SUA PORTA IDEAL É

Seu resultado foi encaminhado por e-mail.

OBRIGADO PELAS RESPOSTAS

Recomendamos para você uma porta personalizada.
Assim poderemos te entregar a melhor qualidade.

Entraremos em contato em breve!