APAE de São Leopoldo realiza visita na SEBRAS

APAE de São Leopoldo no dia 3 de outubro, visitou a SEBRAS, que contou com a presença de alunos, professores e assistente social. O objetivo da visita era apresentar os setores industriais da fábrica para jovens que estão em processo de inserção no mercado de trabalho.

Os visitantes foram recepcionados pelo diretor e colaboradores da SEBRAS. Tiveram a oportunidade de assistir um vídeo institucional. Onde conheceram o trabalho desenvolvido pela empresa na área de fabricação de portas rápidas. Os visitantes puderam conhecer o setor: Comercial, Projetos, Recursos Humanos, Assistência Técnica e Produção. Ao final da visita foi servido um lanche para os alunos e professores da APAE.

A assistente social Adeli Fernandes frisou ainda a gratidão da APAE pela visita realizada. “ Tenho que elogiar muito a equipe desde a entrada na empresa até o final onde foi servido um lanche. O que significa muito para os alunos, pois se sentem apreciados e muito felizes. Nem todas empresas dariam essa oportunidade de conhecer devido a periculosidade, barulho e por tirar seus colaboradores de suas funções. A visita foi muito produtiva, pois tanto os alunos como os colaboradores também ganharam, no sentido de que eles não são “coitadinhos” e pelo contrário, são muito produtivos. O que mais chamou a atenção dos alunos foi a organização dos setores. Só tenho agradecer a receptividade da empresa.”, finalizou.

Como surgiu a ideia da APAE de São Leopoldo visitar a SEBRAS?

A ideia surgiu através de 4 alunos de Administração da Unisinos, que estão cursando a Cadeira de Projeto Social II. Nesta cadeira os alunos são desafiados a desenvolver e administrar ações em instituições. A APAE de São Leopoldo foi escolhida pelos alunos e após a primeira reunião com as coordenadoras surgiu a necessidade de trabalhar com a turma de inserção ao mercado de trabalho, que é voltada a alunos que estão em fase de ser inseridos no mercado de trabalho. Esta visita foi importante, pois trouxe um conhecimento para estes alunos no que diz respeito a comportamento no ambiente de trabalho. E foi uma forma de inseri-los no ambiente industrial. Trouxe também uma conscientização dos funcionários da SEBRAS, no que diz respeito a dificuldade que estes adolescentes possuem para fazer coisas normais do dia a dia como trabalhar.

Rozana Toniolo

Pós Venda e Assistência Técnica

A APAE de São Leopoldo atende atualmente 320 pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Entre 0 e 52 anos na Escola Especial. Possuem atendimento na área de neurologia, fonoaudiologia, psicologia, pedagogia, musicoterapia, serviço social, terapeuta ocupacional,estimulação precoce, psicomotricista, fisioterapia, capoeira e nutricionista.

 

Share Button

DESCUBRA A PORTA IDEAL PARA SUA EMPRESA

  • passo 1
  • passo 2

SUA PORTA IDEAL É

Seu resultado foi encaminhado por e-mail.

OBRIGADO PELAS RESPOSTAS

Recomendamos para você uma porta personalizada.
Assim poderemos te entregar a melhor qualidade.

Entraremos em contato em breve!